08 junho 2009

14 channels of shit...


Duradoura essa incerteza...
Busca incessante, militante
Quão formosa és, oh lua de prata
Que me diz hoje pela madrugada?

Me diz, deixa eu confiar em ti...
Deixa eu ser capaz, capataz
Deixa eu chegar, sem final, nem feliz

Me diz através do seu som mudo
Uma conclusão de tanto observar o mundo
Que estou certo, mesmo sendo incerto
Inquieto, por tentar ser feliz

Me diz sem expressar euforia
Sem nenhum sabor de nostalgia
Me diz através do seu som puro
Que é certo, inquieto e tão certo o meu futuro...