03 agosto 2010

Sarcasmo Poético






Descontextualizando assim um principio moral
De caráter sincrético: O bom paladar social!
És possível estabelecer regras já findadas,
Como a praxe da então hipocrisia consumada?

Não sendo aos próprios paradigmas pertinentes,
Sabe enquadrá-las qual fosse a inferior mente.
E por ironia, com uma pequena gota de fracasso
Saboreia o amargo e gélido sabor do descaso...

Ora, se vejo então dentre tantos, alguém sentir,
É por quê tal anomalia moral há de servir.
Mas, quem por injúria erra em julgar, peca em proferir...

O pecado que por sua vez é puramente salutar
Toma assim como sugestão o aprender a perdoar
E como lixo é definido pelo incapacitado em reciclar...



Nenhum comentário: